Quando o assunto é produção de conteúdos, é importante analisar os diferentes elementos na balança. Afinal, o objetivo passa por complementar a estratégia, gerando valor para a marca e potenciando a sua relação com o cliente. Esta é uma forma orgânica de expandir o alcance do negócio.

É uma das estratégias de marketing digital mais valiosas, mas que requer alguns cuidados na sua utilização. Atrair é o primeiro passo do funil da conversão e pressupõem conquistar a atenção dos atuais e potenciais clientes. Neste âmbito, a publicação de conteúdos apelativos do interesse do público-alvo é uma ajuda fundamental. Onde entra o equilíbrio? Na periodicidade da publicação e no tipo de conteúdos a serem divulgados.

De notar que em função da plataforma e da realidade do próprio negócio, a periodicidade pode variar, mas Vasco Marques, no livro “Marketing Digital de A a Z” sugere o seguinte plano:

  • Newsletter: duas por mês;
  • Blog: uma por semana;
  • Youtube: uma por semana;
  • Linkedin: três por semana;
  • Facebook: cinco por semana;
  • Instagram: três por dia.

Quanto ao tipo de conteúdos, durante a sua produção, deve ter-se em mente três pilares estruturantes: informar, educar e entreter. Além de serem conteúdos do interesse do público-alvo, os conteúdos comerciais devem ser em menor proporção ou associados a campanhas de publicidade. A regra 80/20 no marketing digital sugere que se deve direcionar à persona 80%  de conteúdo relevante e apenas 20% de publicidade.

//www.ldmedia.pt/wp-content/uploads/2020/06/7645LDMedia_logo.png